Aconteceu mais uma reunião itinerante do Conselho Quilombola da Bacia e Vale do Iguape

Foi realizada hoje, 03 de setembro, a reunião itinerante do Conselho Quilombola da Bacia e Vale do Iguape (CQBVI), na comunidade do Kaonge. Compareceram a reunião, além dos conselheiros, moradores dos quilombos e representantes da ONG Humana Brasil. Após à apresentação dos informes, dentre os pontos da pauta, da reunião, os conselheiros e comunidades discutiram sobre a gestão da Associação dos Apicultores; da Associação Cidadania Quilombola; do Núcleo de Cultivo de Ostras; do pagamento da 2°segunda parcela do fomento, através do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e da ação de ATER, por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDS), sob a coordenação da ONG Humana Brasil, na execução dos serviços de ATER, nas comunidades quilombolas, do Território do Recôncavo.

Vale ressaltar, que a execução desta ação, atende uma demanda das comunidades quilombolas solicitada na Carta Quilombola construída no evento Festa da Ostra, em 2015 e encaminhada ao governo Federal e Estadual. Também dialogaram sobre a ação de mapeamento de conflitos ambientais, entre outros, existentes nas comunidades por jovens quilombolas, integrantes do curso de Georreferenciamento, coordenado pelo Prof. Marcelo Araújo, da UFRB através do Projeto Terra de Direito, em parceria entre a Cospel, CECVI e UFRB. Os conselheiros, ainda discutiram sobre os cursos que serão lançados pela CONFREM. A proposta, objetiva atender às 4 quatro Resex do Estado da Bahia, com a promoção de cursos que serão oferecidos às comunidades tradicionais, que estão diretamente inseridas no contexto das Resex, com cursos a nível de graduação e extensão, de Gestão Ambiental e Políticas Públicas. Os cursos, ainda em fase de articulação, serão realizados em parceria com a UNEB, UFBA e UFRB. Por fim, foram dados os encaminhamentos e agendada a próxima reunião itinerante do CQ BVI, para o dia 24 de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *